Pesquisar
Close this search box.

O bicho do empreendedorismo te mordeu?

Sumário

Liberdade, ainda que a trabalho

Cada vez vejo mais gente querendo abrir o próprio negócio, vincular o estilo de vida ao trabalho fazendo suas tarefas de qualquer lugar do mundo, ter liberdade de tempo, poder se dedicar mais a quem ama e atividades prazerosas, ter a oportunidade de ganhar mais dinheiro.

As promessas do empreendedorismo são de brilhar os olhos, será que há romantismo nas expectativas? Qual o imaginário de empreendedor você carrega em si? Uma pessoa de espírito livre, de ideais nobres, de dinamismo, inteligência aguçada, sonhadora, visionária e valente?

Consequências Irreversíveis

Se você é como a maioria das pessoas, antes de empreender trabalhava para alguém ou atualmente trabalha. Mas pode ser que o bicho do empreendedorismo tenha te mordido. Talvez você tenha faltado a um evento importante por causa do trabalho, teve um desentendimento, uma nova visão de oportunidade ou quem sabe se sentiu desvalorizado e quis mudar o jogo.

No momento que você deu crédito às ideias de uma vida nova, elas começaram a crescer. Você começou a sonhar alto com todas as possibilidades, e a partir daquele momento sua vida nunca mais seria a mesma. Todas as frustações e discordâncias do dia a dia se tornaram até mais leves, pois em um futuro próximo estaria no controle e então seria diferente, as regras seriam suas! Que festa da liberdade!

Quando o bicho do empreendedorismo te atacou você já não tinha sossego, as ideias de um negócio próprio te perseguiam. Dava um frio na barriga o desafio, mas era envolvente, sedutor. De onde estava você começava a projetar como se lançar nesse novo mundo. Então passou a devorar livros e conteúdos; sobre produtividade, técnicas de negociação, vendas, Oceano Azul, etc… Você começou a respirar aquele universo novo que se abriu diante de você, bem como tudo que poderia se ligar a ele e deixar a porta dessa nova vida aberta.

O Plano de Riqueza e Liberdade

Você até traçou uma equação que pareceu lógica e seu plano megalomaníaco da riqueza: Se eu gero X para a empresa e ganho Y, se eu trabalho para mim, vou ganhar X. Certo? Não. Equívoco número 1: Achar que entender do trabalho técnico de uma empresa é entender a empresa que faz aquele trabalho técnico. Apesar de parecer um jogo de palavras, é muita a diferença. Absorva isso! Se precisar leia de novo, por favor!

Você foi se preparando. Quando reuniu coragem enfim pediu contas. Antes dessa parte eu realmente espero que o grilo da consciência tenha te convencido a fazer uma reserva financeira de liquidez diária (para conseguir tirar quando precisar para uma emergência), no valor de pelo menos 6 vezes o seu custo de vida mensal. Você conhece o seu? Isso tudo nem que seja para minimizar a pressão de tudo precisar dar certo muito rápido. Se você fez isso, parabéns!

Você tinha dados uns passos tímidos. Dava aulas de inglês aos finais de semana. Vendia os doces que fazia para os colegas e vizinhos. Cortava o cabelo das amigas. Testou a possibilidade do seu negócio, mas tinha um emprego. Mas então se você agora tem 10 vezes mais tempo e antes rendia Z, agora vai render 10xZ, faz sentido? Claro que não, não somos máquinas. E seu resultado também não entra nessa esfera exponencial estratosférica. Então, por favor vá com calma com você e procure ser sua melhor amiga. Também comece a conhecer melhor como você funciona, afinal vai precisar disso para construir um senso de autonomia e tomar melhores decisões.

Você não sabe o que não sabe, não tem real dimensão do que precisa de aprender

Ainda não conheceu o desafio por si só para entender a distância de onde está para onde quer chegar. Por enquanto está na sua cabeça e você só vai realmente conhecer melhor essa lacuna na prática. Está tudo bem, pois talvez se soubesse tudo possivelmente estaria paralisada diante do que ainda precisa aprender. Há uma hora que sua confiança cresce e você se joga com frio na barriga, acreditando estar suficientemente preparada, mas sem ter a validação prática dessa crença.

“Um pássaro em seu primeiro voo entende mais de coragem do que de voo.”

Coragem, você está no ar, é realmente sua chance de aprender a bater asas. Tudo bem que você já possa ter lido o “Tratado dos Pássaros – Tudo que você precisa aprender sobre voos”, mas é só agora que você pode aprender a voar de verdade.

Foto de Couleur no Pexels

Ninguém bate recorde no primeiro treino

Vale lembrar que está em jogo sua vida, você não é invencível e por mais autoconfiante e bem-intencionada que esteja, não precisa pular do cume mais alto e ter o seu voo mais incrível agora. Não precisa chutar o balde, investir todo o seu dinheiro, apostar todas as suas fichas na sua ideia incrível e revolucionária, em uma oportunidade única de um produto patenteado da maior empresa do mundo ou na melhor franquia de um negócio que você sequer entende bem.

Uma certeza eu tenho, em algum momento você vai errar e vai precisar fazer ajustes. Faz parte! Você não quer tomar um tombo que te impeça de continuar, talvez ralar o joelho já te mostre bem onde está o chão. Ao cair dessa altura levantar e continuar será mais fácil. É melhor errar pequeno e acertar grande. Nessa parte entra o “Mínimo Produto Viável”, também conhecido como MVP. Ele é um protótipo do que você quer fazer, um teste para avaliar os resultados, para gerar aprendizado, crescer de forma mais estruturada e consciente.

De onde começar a fazê-lo? Se perguntando “para quê”?

O Círculo Dourado, de Simon Sinek

Isso nos leva à essência, ao centro, ao propósito, ao cerne da questão, ao ideal mais nobre, a verdadeira busca, a razão pela qual seu negócio existe e que é de onde partem as melhores estratégias. “Como” e “O quê” fazer para atingi-lo pode variar, ser flexível e até mesmo evoluir com o passar do tempo. Mas o centro é essência, orienta a razão pela qual se prestam aqueles esforços. Em todos os níveis existe uma lógica do centro e em geral quando as coisas correm para o centro encontram o sentido. Ele é onde devemos recorrer para tomar decisões, a maior orientação.

A teoria do centro vem de leis universais. Em um átomo tudo gira em torno do centro. Em uma célula há o núcleo, na galáxia há um centro também. Em um determinado momento você começa a perceber não só o seu centro, sua identidade, sua essência, mas o que é o centro da vida. O que é o centro do universo à sua volta.

Sua base inicial está na descoberta do para quê você faz o que faz. Meu “para quê” é provocar, facilitar e acompanhar transformações significativas.

Qual é o seu?  

Quem chega primeiro bebe água limpa!

Receba em primeira mão nossos conteúdos e atualizações sobre sites, marketing digital, elementor e mais!

Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Picture of Nathalia Wilke

Nathalia Wilke

Nathalia é uma profissional criativa, que ama pesquisar, escrever, conhecer as histórias dos empreendedores e negócios. Possui experiência relevante em atendimento do cliente, empreende no mercado digital desde 2017, é estrategista digital e especializou em comunicação para processos de vendas.

Ele criou um modelo de recorrência que permitiu receber mais de R$ 8.000,00 todos os meses, através da criação de sites, fazendo praticamente nada...

Para você que quer empreender através da criação de sites.

Um documento a prova de falhas para você fazer o briefing de criação de sites IDEAL para seu projeto!

Veja Também

Modelos de negócio

Os modelos de negócio são a estrutura básica com a qual uma empresa gera receita e lucro. Eles descrevem como uma empresa pretende criar, entregar e capturar valor. Existem vários tipos diferentes de modelos de negócio, cada um com suas próprias vantagens e

Como o LTV impacta em seus Projetos Digitais?

LTV significa “Lifetime Value” ou “Valor Vitalício do Cliente”. É uma métrica utilizada em projetos digitais para avaliar o valor financeiro que um cliente traz ao longo do tempo enquanto se relaciona com um negócio. O LTV é calculado levando-se

Construção de Valor

Você já ouviu falar sobre construção de valor? Se você está começando com uma marca ou deseja melhorar os seus resultados apostando em marketing digital, saiba que entender esse conceito é primordial. Promover valor para a sua marca não é colocar

O que é posicionamento

Empresas de sucesso têm uma coisa importante em comum: uma forte estratégia de posicionamento de marca. Na verdade, seus nomes de marca tornaram-se termos genéricos para todos os produtos similares em seu nicho. Uma forte estratégia de posicionamento é uma necessidade

Criar Personas Funciona?

Segmentar os clientes com precisão não é uma tarefa fácil. É preciso perspicácia empresarial para atrair e convencer o cliente certo a adotar seu produto ou serviço. A solução está em criar personas de clientes. Elas permitem que suas equipes conheçam seus