Pesquisar
Close this search box.

Economia 4.0

Sumário

Uma economia 4.0 é uma digitalização desde a sua produção. A digitalização refere-se ao uso crescente de tecnologias automatizadas, digitalizadas e em rede em nossa sociedade.

A economia 4.0 designa especificamente o desenvolvimento na indústria, seja na construção de veículos, engenharia mecânica ou transporte. Dois desenvolvimentos estão no centro da Indústria 4.0:

Networking e autocontrole. Os sistemas em rede possibilitam a troca de dados e, portanto, de informações e a reação inteligente nos outros.

 

Como funciona a Economia 4.0?

economia 4.0 mudará fundamentalmente o processo. No futuro digitalizado, todas as máquinas e os produtos são fabricados com sensores. Eles se comunicam constantemente e otimizam continuamente seus processos.

Não apenas nós com os outros, mas com outros sistemas: produção, vendas, desenvolvimento, até mesmo clientes e fornecedores estão integrados no mundo com a rede.

O termo Indústria 4.0 representa a quarta maior reviravolta na história industrial. Trata-se de uma mudança profunda na produção industrial, que está sendo alcançada por meio de uma ampla digitalização.

O foco aqui está na rede inteligente de processos e máquinas usando comunicação moderna e tecnologia da informação

Qual a sua classificação histórica?

Sob o título de economia 4.0, a indústria está passando por sua quarta mudança fundamental.

O início desse desenvolvimento é a primeira revolução industrial, que ocorreu no século XVIII com o uso de motores a vapor e energia hidráulica.

A produção em massa em linhas de produção e a introdução da linha de montagem ocorreram no início do século XX. Na década de 1970, a introdução de processos auxiliados por computador mudou novamente toda a indústria.

Atualmente, estamos na quarta revolução, também conhecida como digitalização ou transformação digital. Ao mesmo tempo, o termo Indústria 4.0 se estabeleceu.

Foi originalmente criado pelo governo federal brasileiro como parte de sua estratégia de alta tecnologia. Nesse ínterim, no entanto, a palavra da moda tornou-se um termo de marketing.

Existem algumas diferenças entre a terceira e a quarta revolução industrial. Embora tenha sido o computador na década de 1970 que trouxe mudanças de longo alcance, mas hoje é a Internet e sua globalização.

A internet que conhecemos é a base para a rede global de corporações e a inclusão do Big Data nas decisões da empresa e, portanto, é o precursor da nova era econômica.

Falando sobre Revolução: O que há de novo na Economia 4.0?

Desde a década de 1970, a tecnologia da informação mudou-se para as empresas. Os PCs de mesa, o uso de TI em escritório e a primeira automação assistida por computador revolucionaram a indústria.

Para a economia 4.0, não é o computador que é a tecnologia central, mas sim a Internet. Com a rede mundial entre empresas ou fronteiras nacionais, a digitalização da produção está ganhando uma nova qualidade:

A Internet das Coisas, a comunicação máquina a máquina e as instalações de produção cada vez mais inteligentes anunciam uma nova era – a quarta revolução industrial, a indústria 4.0.

A caminho da Indústria 4.0: o que ainda precisa ser feito?

A implementação da Indústria 4.0 é um projeto complexo: quanto mais processos a economia digitaliza e conecta, mais interfaces surgem entre diferentes atores.

Normas e padrões uniformes para diferentes setores industriais, segurança de TI e proteção de dados desempenham um papel central aqui, assim como a estrutura legal, mudanças na educação e no trabalho, o desenvolvimento de novos modelos de negócios e a pesquisa necessária.

Os especialistas no assunto tratam de todos esses temas em seis grupos de trabalho. A visão de 2030 para a economia 4.0 mostra como os ecossistemas digitais globais do futuro podem ser projetados. Ele enfatiza a soberania, a interoperabilidade e a sustentabilidade como diretrizes centrais.

Quem chega primeiro bebe água limpa!

Receba em primeira mão nossos conteúdos e atualizações sobre sites, marketing digital, elementor e mais!

Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Picture of Nathalia Wilke

Nathalia Wilke

Nathalia é uma profissional criativa, que ama pesquisar, escrever, conhecer as histórias dos empreendedores e negócios. Possui experiência relevante em atendimento do cliente, empreende no mercado digital desde 2017, é estrategista digital e especializou em comunicação para processos de vendas.

Ele criou um modelo de recorrência que permitiu receber mais de R$ 8.000,00 todos os meses, através da criação de sites, fazendo praticamente nada...

Para você que quer empreender através da criação de sites.

Um documento a prova de falhas para você fazer o briefing de criação de sites IDEAL para seu projeto!

Veja Também

Os 6 chapéus (Edward Bono)

No momento em que se procura a resolução de um problema, seja em uma reunião ou quaisquer situações que é necessário alcançar um senso comum, são muitas as opiniões que divergem uma das outras. Neste momento entra os 6 chapéus (Edward

Proposta de Valor

Com a globalização da internet, tem se tornado cada vez mais difícil ter uma empresa e se destacar no mercado, ante a grande quantidade de comércios que o consumidor tem acesso, logo, para destacar é preciso que o negócio tenha uma proposta

Criatividade

Você sabe o quanto a criatividade é importante para que o seu negócio deslanche no mercado? Com uma concorrência extremamente acirrada, você precisa trazer bons diferenciais para conseguir o devido destaque dentre eles. Muitos pensam que ser criativo é algo

Proposta Única de Vendas

Se destacar em qualquer ramo do mercado atualmente tem se tornando cada vez mais trabalhoso e difícil, em razão deste motivo, é importante que o seu negócio tenha uma proposta única de vendas. No cenário atual, é imprescindível que os